Após ter completado um ano de lançamento do álbum e um ano de estrada, a banda californiana finalmente colocará os pés em solo brasileiro após 7 anos. Muita coisa mudou nesse tempo, álbuns foram lançados e repertório de shows alterados, aparentando uma banda mais madura e mais ativista.

Na última vez em que esteve no Brasil, em 2010, o Green Day percorreu 4 cidades com uma apresentação de quase 3 horas, recheada de sucessos. O repertório misturou canções dos discos mais famosos do grupo: Dookie, American Idiot e 21th Century Breakdown, com o bom humor e algumas palavras em português arriscadas pelo vocalista Billie Joe Armstrong, levando o público à loucura.

Desde então, o trio passou por algumas fases turbulentas, como o lançamento da trilogia Uno!, Dos! e Tré! – aparentemente ignorado pelo grupo na atual turnê – o problema de Billie Joe com as drogas e o diagnóstico de câncer da esposa de Mike Dirnt e do guitarrista Jason White. Após um hiato de aproximadamente 4 anos, eles retornam ao Brasil cheios de gás, impulsionados pelo mais recente trabalho, o Revolution Radio.

O Revrad, como é chamado, deixou os fãs curiosos em seu processo de produção, uma vez que a banda usava a hashtag #revrad em suas postagens, sem divulgar de fato o que estava acontecendo. O álbum, genuíno e com sonoridade mais crua e simples, apresenta singles marcantes como ‘Bang Bang” e ‘Still Breathing’, trazendo-os de volta às rádios e ao Brasil.

Raízes Punk

Mesmo em turnê, o Green Day lançou um documentário recente intitulado Turn It Around: The Story of East Bay Punk, que conta a história do cenário do punk de East Bay, nos Estados Unidos. A obra foi narrada por Iggy Pop e contou com uma música inédita produzida pelos Armstrongs – banda formada por Billie Joe Armstrong, seu filho Joey Armstrong, Tim Armstrong – vocalista e guitarrista do Rancid, e Rey Armstrong. O documentário foi exibido em algumas salas de cinema na Califórnia, porém não há previsão de exibição ou venda aqui no país.

Assista ao trailer:

O lado ativista do Green Day

Recentemente, a banda realizou uma live no Facebook para arrecadar fundos para ajudar as vítimas do desastre natural que atingiu Houston. Além disso, para a América do Sul, a banda lançou uma campanha para arrecadar fundos junto ao Global Citizen, para ajudar nas questões da pobreza ao redor do mundo. A proposta é que de que quem doa possa concorrer à ingressos VIP para os shows, com direito a assistir o sound check e se hospedar num hotel 4 estrelas. Os valores para doação vão de $10 à $5000. As doações podem ser feitas pelo site omaze.com.

Além da música

O sucesso do álbum American Idiot, em 2004, acabou gerando diversos frutos. Um deles é o musical intitulado com o mesmo nome, que já ganhou versão para a Broadway e para a Itália, obtendo boa aceitação do público. O que pouca gente sabe é que existe um projeto para adaptação da peça para o público brasileiro, com diretores já definidos e até elenco selecionado, inclusive os cotados para os protagonistas seriam o ator Thiago Fragoso e o cantor Di Ferreiro. A data de estreia ainda não foi divulgada, mas a peça já conta com sites e redes sociais disponíveis para consulta, como o americanidiot.com.br e a página American Idiot Musical

O setlist

Com menos canções do que na última estadia no país, sendo algumas de preferência do público, como ‘Whatsername’ e ‘Give me Novacaine’, o setlist dos shows aparece recheado de hits que prometem fazer de cada show, uma noite memorável.

Confira a provável setlist:

  1. Know Your Enemy
  2. Bang Bang
  3. Revolution Radio
  4. Holiday
  5. Letterbomb
  6. Boulevard of Broken Dreams
  7. Longview
  8. Youngblood
  9. 2000 Light Years Away
  10. Hitchin’ a Ride
  11. When I Come Around
  12. Minority
  13. Are We The Waiting
  14. St. Jimmy
  15. Knowledge
  16. Basket Case
  17. She
  18. King for A Day/ Shout
  19. Still Breathing
  20. Forever Now
  21. American Idiot
  22. Jesus of Suburbia
  23. Ordinary World
  24. Good Riddance (Time of Your Life)

A turnê passará por quatro cidades brasileiras e percorrerá também o restante da América do Sul:

01/11 – Jeunesse Arena – Rio de Janeiro, Brasil
03/11 – Anhembi Arena – São Paulo, Brasil
05/11 – Pedreira Paulo Leminski – Curitiba, Brasil
07/11 – Anfiteatro Beira Rio – Porto Alegre, Brasil
10/11 – Estadio José Amalfitani – Buenos Aires, Argentina
12/11 – Estadio Bicentenario de la Florida – Santiago, Chile
15/11 – Estadio Nacional – Lima, Peru
17 /11– Parque Simon Bolívar – Bogotá, Colômbia

Os ingressos podem ser adquiridos no site da livepass.com.br

Compartilhe com seus amigos: